Filme| “Homem Aranha: No Aranhaverso” traz diversão, música boa e muitas gargalhadas

Homem-Aranha no Aranhaverso (2018) Animation, Action, Adventure | 1h 57min | 10 January 2019 (Brazil) 8.5
Director: Bob Persichetti, Peter RamseyWriters: Phil Lord, Rodney RothmanStars: Shameik Moore, Jake Johnson, Hailee SteinfeldSummary: Miles Morales is a New York teen struggling with school, friends and, on top of that, being the new Spider-Man. When he comes across Peter Parker, the erstwhile saviour of New York, in the multiverse, Miles must train to become the new protector of his city. Written by Tom Daly

Photos


See all photos >>

Sinopse

Peter Parker morre fazendo Miles Morales se tornar o novo Homem-Aranha, no entanto Miles tenta prender o Rei do Crime, que secretamente planeia roubar recursos e tecnologia de outras dimensões. Mas de devido à interferência de Miles Morales, Homens-Aranha de outros universos paralelos começam a aparecer em Brooklyn, como o Peter Parker de outra dimensão, a Aranha-Gwen, o Aranha-Noir, Peni Parker e o Porco-Aranha.

 

Miles Morales é um personagem criado por Brian Michael Bendis e Sara Pichelli, inspirado no ator Donald Glover(que é o real motivo do Bendis ter feito o personagem, mas isso irei explicar com mais detalhes num post futuro) e no então presidente(em 2011) Barack Obama. Ele surge primeiro no universo Ultimate nos quadrinhos, mas que depois foi levado para o Universo 616, que é o recorrente das histórias da Marvel.

No filme, Miles é um adolescente que tem que se adequar a sua nova escola e que teve que deixar os amigos e abandonar sua zona de conforto e enfrentar os novos desafios que a vida irá trazer. Com pais amorosos, mas também muito rigorosos, Miles acha no tio Aaron Davis / Gatuno( Mahershala Ali) um alívio para a pressão que a vida anda fazendo e alguém com quem externar sua arte, o graffiti.

Miles descobre seus poderes na mesma noite que fica sabendo do plano insano do vilão Rei do Crime(Liev Schreiber), e da perda trágica daquele que seria seu mentor. Seu tio parece ter saído da cidade e ele se sente simplesmente perdido.

Referência ao filme de Sam Raimi

A busca de identidade, a família, e as relações com os outros são temas que permeiam todo o longa e que traz a sua familiaridade para tudo com o universo do Homem Aranha que vimos em filmes, histórias em quadrinhos e em outros desenhos. Aqui, com um peso maior, porque ele também carrega a importância da representatividade, o que agrega mais valor á animação, já que é feita de forma primorosa e sem apelos.
Com uma mescla de técnicas artríticas, a animação traz referencias de várias formas de artes, do quase pontilhismo que era usado como técnica de coloração nas antigas hqs, até as lindas tomadas em que o 3D toma conta da tela. A música composta por artistas como Daniel Pemberton, Vince Staples, Jaden Smith e Post Malone, esse ultimo compôs a música “Sunflower” para o filme, toda a trilha casa perfeitamente com a ambientação criada para o filme, para o personagem e para a história em si.

O filme se tem algum defeito é imperceptível ou não digno de notas. Homem Aranha: No Aranhaverso estreia no próximo dia 10, vá ao cinema pois é garantia de diversão!

NOTA: A-